quarta-feira, 1 de novembro de 2017

Anestesia Extracorpórea de Pulsos Elétricos




   História da eletricidade: Desde muito tempo a eletricidade tem sido usada para muitos fins, foi quando da descoberta de Benjamin Franklin, que identificou cargas elétricas negativas e positivas  em que o raio era de natureza elétrica. Assim, eu mesmo duvidei de que pudesse ser usada para anestesia. Atualmente, ela tem sido usada para fins terapêuticos tendo características próprias.

   Inicialmente este projeto é designado como anestesia preemptiva, pois significa que a anestesia é feita antes do procedimento cirúrgico e controlado através de sistemas como pressão, temperatura e sensores. "Nós sabemos hoje, que o SNC (sistema nervoso central) é o centro nervoso e que comanda através de feedback, bomba de Na e K, ATP, canais de de vazamento PA Na+ K+ acumulando íons negativos no interior da célula todos estes levam a despolarização de membranas e emissão do estímulo nervoso, sendo caracterizado por um DDP -90mV.



(Célula)

                           
  Até algum tempo atrás não havia possibilidades de fazer a anestesia através de uma corrente elétrica. O primeiro passo para este processo foi respondido com a descoberta de repouso dos neurônios, que é por volta de -70mV. A partir daí o processo é intrincado e de difícil solução. Os objetivos terapêuticos em especial na anestesia são: emergências, convulsões, cirurgias em lugares sem acesso ou com acesso difícil, com perigo ao paciente devido a problemas com patologias. Casos sem solução de câncer e doenças degenerativas e necessidade de morfina, dores generalizadas, queimados devido a necessidade de assepsia, em guerras e também no espaço.






A inovação posterior como TMS e tDCS utilizados para estimulação magnética transcraniana nos casos de depressão.


Referências:

Fundamentos da Mecânica de Fluídos, Munson Bruce R.2004

Estimulação neuronal por eletrodos para Parkinson,USP(IPQ)






sábado, 6 de maio de 2017

As naves da Imaginação

   


                       
Ambulância Espacial

Taxi Espacial

link:As naves da Imaginação

micro naves


Star Trek
Star Trek( Nova Geração)                  




Agradecimentos : Autodesk(autocad)
Discoverybrasil.

















sexta-feira, 31 de janeiro de 2014

Black Hole (Buraco Negro)

                                                          Astrofísica e ficção


Durante muito tempo somente existia na concepção teórica do buraco negro (em 1916 o astrônomo alemão Schwarzchild encontrou uma solução para a teoria da Relatividade de Einstein que representa um buraco negro esférico.), porém já podemos identifica-lo com precisão, pois este era invisível aos telescópios, que agora foi identificado no centro da VIA LÁCTEA com o Observatório de RaioX Chandra da NASA (8 de fevereiro de 2012).



 Black Hole ( Buraco Negro)


        Concepção Teórica
Fórmulas: Física

R=2GM      (SCHWARZSCHILD)
       

V²=2CΔT


f= 1
    T (2¶R)

R²= V
      2


E=mc²

F= Gm1m2
           R
  
  Raciocínio Lógico


R= 2GM     →   2 GM    →  R=    G    →  R =G m1m2    →  G = F

       c²( m/E)           m/E                E                   R                  E          
                                                   
R = m1m2    →  G m1m2  =  m1m2  →  G = F   →  G= F   
    E                         F/E                                             mc²
   
c² = F_  → c²(V²) =  _F__    →  V²(2c∆T) = f.2GM       →
          Gm                    Rc².m       Gm1m2           c²(V²)
                                      2m
a equação quadrática → ( R)²= ( 2GM)²       →  aplicar na equação →
                                                    (c²

                                     →     ¶ R² = 2  = A












A=¶R²=2

 

 Interpretação geométrica espacial do buraco negro           
 A partir destes conceitos vamos para o futuro (ficção) e como seria fazer viagens virtuais aos buracos negros e identificamos algumas características especiais (Teoria), que deve ter: A princípio a ideia é que a nave emita uma frequência(f) (casco da nave) tal, que seja a mesma de um buraco negro; nós poderíamos viajar e adentrar um buraco negro, sendo que há a possibilidade de sair do mesmo, apenas do outro lado

                                   Sabemos que hoje isto é impossível para um ser humano
                                           viajar  muito perto de uma estrela de alta gravidade, que
                                             tem a massa como a do Sol, que além disso devemos           
                                             suportar a aceleração centrífuga para fora. (NASA, Virtual
                                             Trips Black Holes and Neutron Stars Page)  

Através de cálculos os quais deveriam ter algumas características especiais de uma nave e do buraco negro.
(nave espacial)     C²(velocidade da luz) =V=299 792 458 m / s
(nave e buraco negro)      f(frequência) = ¶ HZ
(buraco negro)            G(gravidade) =1
(buraco negro)          A (área) = ¶R²=2

Neste trabalho os aspectos visuais de uma viagem a um buraco negro. (vídeo feito por computador)






Referências
Hawking, Stephen. O Universo numa casca de Noz: Prevendo o Futuro. Edição 3º, Londres: ARX, pág111, 2001.
NASA, Observatório de Raio-X Chandra: Explorando o Universo Invisível, Disponível emhttp://www.nasa.gov/mission_pages/chandra/main/index.html
Acesso em: 30 de setembro 2013.
Nemiroff, Robert. Black Holes and Neutron Stars: Virtual Trips to Black Holes and Neutron Stars. Disponível em:
The Astrophysical Journal, 10 de novembro 2013 e   http://apod.nasa.gov/htmltest/rjn_bht.html



                                           

domingo, 24 de novembro de 2013

quarta-feira, 2 de outubro de 2013

Computadores Quânticos

Computadores Quânticos se utilizam da spintrônica quântica que é uma forma avançada de eletrônica;ou seja, não apenas o uso da carga elétrica dos elétrons (como na eletrônica convencional),

(eletrônica convencional)
 mas também de uma propriedade da spintrônica  que é conhecida como spin, que giram em torno do seu próprio eixo, como pequenas bússolas. Isto tudo muito pequeno a partir de nanômetros!(abaixo)















   Hoje a spintrônica já produz cabeças de leitura de discos rígidos  e placas de memória não volátil( (não é um gás). Computadores quânticos com a spintrônica poderia resultar em um computador quântico real e mecanismos  de comunicação ultra-seguras  inclusive internet. Outra função importante seria a compreensão do comportamento da matéria em escalas nanômetricas, que poderão resultar em enormes avanços na física, química, ciência dos materiais e biologia. Porém, há dificuldades financeiras, pois seriam muito caros atualmente para o grande público; tecnicamente no futuro possa ser possível... . Um fato  interessante e de ficção seria se estes computadores quânticos  do futuro poderia ter consciência de si mesmo, como o filme “2001 Uma Odisséia no Espaço”, na qual um computador domina e interage  com a espaçonave e astronautas, “pessoalmente acho que este momento da computação quântica é similar ao momento na qual F.Wohler conseguiu transformar uma substância inorgânica( sem vida) em orgânica( 1828),  não basta estar vivo(bactérias, vírus) para ter consciência de si mesmo”.


Bibliografia:

*A Física Quântica seria necessária para explicar a Consciência?

Oswaldo Pessoa Junior

*Estudos Avançados da USP (1994)

*Scientific American nº63 novembro 2007